sábado, 2 de julho de 2011

Roteiro: Caruaru (PE)

Encravada no agreste pernambucano, Caruaru é considerada a capital do forró, mas também pode ser lembrada por ser um grande pólo comercial e considerada pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) como o maior “Centro de Artes Figurativas das Américas”.

A cidade, que fica a 130 km de Recife, tem a origem de seu nome incerta. Uma das explicações é que o nome Caruaru deriva do dialeto dos índios cariris, que habitavam a região na época da chegada do homem branco, no século 16. “Caru” significa alimento, coisa boa, e “aru aru”, uma repetição que significa abundância. A palavra Caruaru, então, poderia ser traduzida como terra da fartura.

Ligada ao comércio desde sua formação, Caruaru procura expandir sua vocação para o turismo. O principal evento é a festa de São João, que deixa o caruaruense orgulhoso em dizer que sua cidade é a capital do forró e que faz o melhor e maior São João do mundo.

De fato a festa é grandiosa. Durante os 30 dias do mês de junho, Caruaru recebe cerca de 1,5 milhão de pessoas para a festa popular. O principal arraial, a Vila do Forró, tem um pátio de 41 mil metros quadrados com capacidade para até 80 mil pessoas. Bandas de pífanos, bacamarteiros, sanfoneiros, drilhas e bonecos de barro espalham-se pela cidade.

A cada ano Caruaru promete trazer as maiores atrações, como a maior fogueira, o maior cuscuz, a maior pamonha, o maior pé-de-moleque e o maior arroz doce do mundo.

Para que os visitantes possam apreciar a cidade não só na época das festas juninas, Caruaru também está voltando suas atenções para o Carnaval, Semana Santa e Natal, além de investir no esporte, levando disputas automobilísticas ao autódromo Ayrton Senna. (da Folha Online)

Pontos turísticos
FEIRA DE CARUARU
Cantada por Luiz Gonzaga e tradicional lugar para se encontrar os "bonecos de Mestre Vitalino", na feira tem de tudo, de frutas, verduras, cereais, ervas medicinais, carnes, a roupas, calçados, bolsas, utensílios para a casa, animais, ferragens, artesanato, cordéis, eletrônicos e até importados. A Feira de Caruaru é considerada a maior feira ao ar livre do mundo, e devido a sua fama e comércio atrai vários turistas durante o ano. A feira é considerada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como patrimônio imaterial do Brasil.

ESPAÇO CULTURAL TANCREDO NEVES
Abriga pavilhão de exposições e feiras, as sedes da Secretaria de Turismo e da Fundação de Cultura, além do Museu da Caruá e outras unidades culturais (MUSEU DO BARRO DE CARUARU – ESPAÇO ZÉ CABOCLO, MUSEU LUIZ GONZAGA, ESPAÇO ELBA RAMALHO e o MUSEU DA FÁBRICA CAROÁ). Na área externa foi implantado o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, principal polo de animação dos festejos juninos.

ALTO DO MOURA
Considerado pela Unesco o maior Centro de Artes Figurativas das Américas e localizado a 7 Km do centro da cidade, este povoado concentra mais de 1.000 artesãos que moldam o cotidiano do homem nordestino no barro, perpetuando a arte do Mestre Vitalino. Lá fica a CASA MUSEU MESTRE VITALINO e o MEMORIAL MESTRE GALDINO.

AUTÓDROMO AYRTON SENNA
No Autódromo Ayrton Senna acontece corridas automobilísticas como a Fórmula Truck.

MORRO DO BOM JESUS
Com 630 metros de altura é o ponto mais alto da cidade. Caruaru cresceu ao redor do morro.

SERRA DOS CAVALOS
Altitude aproximada de 900 metros e uma área de brejo medindo 359 hectares, é uma reserva estadual de Mata Atlântica de proteção ambiental municipal.

MEMORIAL DE CARUARU
O Memorial da Cidade é um museu que conta a história de Caruaru em seus aspectos político, econômico, social e cultural. O museu funciona em um histórico prédio construído em 1923 para abrigar os comerciantes de farinha de mandioca e cereais.

Como chegar:
De carro ou ônibus. Principais rodovias de acesso: BR 232 e BR 104.

Distâncias: Recife: 132 km; Campina Grande: 166 km; Garanhuns: 109 km; Serra Talhada: 289 km; Salgueiro: 389 km.

(Informações do portal oficial da cidade, do Iphan e do Ministério do Turismo)

Nenhum comentário: