segunda-feira, 16 de abril de 2012

Em Salvador, exposição celebra centenário de Luiz Gonzaga


Para celebrar o centenário do sanfoneiro Luiz Gonzaga, será aberta, no dia 24 de abril (terça-feira), às 19 horas, no Palacete das Artes Rodin Bahia, a exposição “O Imaginário do Rei”, com obras de arte, fotos, filmes, livros e CDs que retomam a vida e obra de Gonzagão, como o músico era conhecido.

Com curadoria de Bené Fonteles, a mostra ainda traz xilogravuras de João Pedro do Juazeiro, José Lourenço, Elias Santos e Arievaldo Viana; fotos de Christian Cravo, Adenor Godim, Gustavo Moura, Vivente Sampaio; e esculturas de Frank Castro, Cícero Arraes, Demóstenes e Salete Diniz.

Embora tenha nascido no sertão de Pernambuco, em 1912, Luiz Gonzaga influenciou o som realizado em todo Brasil. Na Bahia, em particular, lembra Bené Fonteles, “a presença de Luiz Gonzaga é primordial na obra compositiva de artistas como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom zé e na força das vozes de Gal Costa, Xangai e Maria Bethânia”.

“O Imaginário do Rei” fica em cartaz até o dia 10 de junho, com visitação de terça a domingo, sempre das 10h às 18h.

| Serviço |
Evento: “O Imaginário do Rei”
Onde: Palacete das Artes Rodin Bahia
Quando: de terça a domingo, das 10h às 18h (até o dia 10 de junho)
Entrada: gratuita

(A Tarde)

Nenhum comentário: