segunda-feira, 23 de maio de 2011

Vila da Conquista promove literatura de cordel

Foto: Emanuel Nem Moraes

Que tal conhecer um pouco mais sobre a literatura de cordel? Ao visitar a Vila da Conquista, na Praça Tancredo Neves, você vai encontrar a Casa do Cordel, onde estão expostos mais de 600 títulos, sendo dezenas deles sobre o cangaço. O encontro só é possivel graças à programação do São João Pé de Serra do Periperi, edição 2010, realizado pela Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Sectel).

A literatura de cordel é um tipo de poesia popular impressa em folhetos rústicos ou outra qualidade de papel, expostos para venda pendurados em cordas ou cordéis, o que deu origem ao nome que veio de Portugal, cuja tradição era pendurar folhetos em barbantes. São escritos em forma rimada e alguns poemas são ilustrados com xilogravuras, o mesmo estilo de gravura usado nas capas. As estrofes mais comuns são as de dez, oito ou seis versos.

Todo o material exposto na Vila da Conquista pertence ao professor de Economia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Antônio Andrade, que há apenas quatro anos se dedica ao trabalho. O professor acredita que o dom e a paixão pela escrita estão nas veias, pois vem de uma família de poetas.

Para ele, “produzir literatura de cordel é se aproximar e se sensibilizar com as culturas populares nordestinas”, diz. E lembra: “todos devemos ser militantes e guerreiros da cultura popular e não deixar que ela desapareça!”. Quando o assunto é a oportunidade de divulgar seu trabalho na Vila da Conquista, Antônio Andrade é enfático: “o projeto de São João da prefeitura está maravilhoso, com 100% de aprovação pela comunidade. Fico muito feliz fazer aqui a minha 43ª exposição. Espero estar aqui novamente ano que vem e que o próximo São João seja ainda mais bonito”.

Por Mônica Lacerda (Secom PMVC) / Publicada em 29 de Junho de 2010

Nenhum comentário: