terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

I Encontro de Educação e Cordel de Petrolina


Oficinas, bate papo, exposição de artes, lançamento de livros e apresentações culturais com artistas, a exemplo de Xangai, João Sereno, Chico Pedrosa e Maciel Melo. Já está tudo pronto para o 1° Encontro de Educação e Cordel de Petrolina, que acontece de 4 a 14 de março nas escolas estaduais do município e no Sesc Petrolina.

Realizado pela Entre Versos e Canções e o Sesc Petrolina, com apoio da GRE e a chancela do Ministério da Cultura na programação dos Micro Projetos do São Francisco, o Encontro começa nas escolas com as oficinas de cordel e construção poética para alunos e professores no período de 4 a 8 de março. Nos dias de 11 a 13 pela manhã, será a vez dos alunos da EJA do Sesc receberem as oficinas nas dependências do próprio Sesc.

Segundo o coordenador do I Encontro de Educação e Cordel de Petrolina, o poeta e cantador Maviael Melo as inscrições serão abertas a partir do dia 20 e podem ser feitas na GRE, no Sesc e também através do email: poetamavi@yahoo.com.br. As oficinas vão trabalhar com a linguagem do cordel abordando temas, a exemplo do meio ambiente, sexualidade, violência e política. “Toda a produção das oficinas (das escolas e do SESC) serão editadas para uma posterior publicação de um livro, previsto na proposta do Ministério da Cultura, a ser lançado em data ainda a definir”.

A programação do Encontro prossegue no dia 13 às 19h, no Sesc com a abertura da exposição de xilogravura – O Sertão de Euclides da Cunha, de Gabriel Arcanjo. Será montado também um espaço para mostra de alguns cordéis produzidos nas oficinas e para o lançamento de alguns livros de poetas da região. E às 21h, o público poderá conferir uma verdadeira cantoria com Marcone Melo, Celo Costa, Xangai e a participação especial do poeta Chico Pedrosa.

No dia 14 – Dia Nacional da Poesia e aniversário de Chico Pedrosa, o movimento começa logo às 14h, com um bate papo sobre Educação, Cultura, Cordel e Cidadania, tendo como debatedores os professores Genivaldo Nascimento e Josemar Pinzoh. “Os debatedores vão falar do cordel não somente como literatura popular, mas como elemento pedagógico de reflexão, trabalho e como incentivo à leitura e na construção do individuo (aluno), como ator de sua própria história”, adiantou o coordenador do Encontro. Na seqüência, os poetas e cantadores Maviael Melo e João Sereno encerram o Encontro fazendo uma apresentação cultural com a participação especial do “Caboclo Sonhador” Maciel Melo.

Nenhum comentário: