sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Escolas de cidade no interior de SP ganham rapadura na merenda

Novidade no cardápio escolar agradou a criançada e os nutricionistas. Nova sobremesa faz parte de programa para incentivar agricultura familiar.


As escolas de Paraibuna, no interior de São Paulo, ganharam uma novidade na merenda. Agora os alunos comem rapadura uma vez por semana. As crianças aprovaram, mas e os nutricionistas?

A novidade no cardápio agradou a criançada. A rapadura é servida aos alunos uma vez por semana, como sobremesa. A porção é pequena, de 20 gramas, mas segundo a nutricionista é suficiente para prevenir a anemia, fortalecer os ossos e dar energia depois do almoço.

“Para a criança na sala de aula ela é muito boa, porque ela é uma fonte de energia muito boa e é bem rica em magnésio, ferro, cálcio, vitaminas do complexo b e vitamina a”, afirma Neela Macedo.

A nutricionista lembra que as crianças não devem abusar da rapadura e nem esquecer da higiene bucal. “Como qualquer tipo de doce, a criançada tem que escovar os dentes depois sim”, ressalta.

A nova sobremesa faz parte de um programa para incentivar a agricultura familiar em pequenos municípios. Em Paraibuna, são sete fornecedores de alimentos para as escolas. “Eles fornecem hortaliças, frutas e agora a implantação da rapadura na merenda escolar”, diz a representante do Programa Nacional de Educação, Heloiza do Prado.

José Joaquim de Almeida produzia cachaça, mas decidiu aproveitar melhor a cana de açúcar. Agora, ele fornece rapadura para a merenda do município. “No início a gente fazia 500 pecinhas por semana e já deu um impulso porque a gente já está entregando 2,5 mil por semana para a prefeitura de Paraibuna. Para a gente foi bom”.

(Do Bom Dia Brasil - G1)

Nenhum comentário: