quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Conheça a banda Radiola de Cangaceiro


Uma roda de amigos e uma inquietação: por que aqui não toca o autêntico forró nas festas? A partir daí eles se juntaram e formaram a banda Radiola de Cangaceiro. Leandro Alves, Matheus Mancha, Rafael Bomfim e Lucas Freire chegaram a tocar em outras bandas, mas estavam afastados dos palcos quando resolveram se juntar pela ideia de “fazer forró de verdade”, como explica Matheus.

A banda nasceu em agosto de 2011 e, apesar do pouco tempo de existência, já conseguiu se colocar no cenário musical de Vitória da Conquista, tanto que foi uma das atrações do Barracão Universitário do Festival de Inverno Bahia de 2012. Responsável pela abertura da grade do espaço dedicado ao forró no FIB, a Radiola de Cangaceiro se apresentou no último dia 24 e fez a galera arrastar o pé com um repertório que vai de canções autorais a sucessos de nomes consagrados e eternos, como Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro.

A base da banda está justamente nessas referências. A influência de Jackson do Pandeiro, por exemplo, pode ser percebida quando sanfona e cavaco dividem o mesmo palco – o que pode ser estranho a alguns, principalmente aos mais jovens. Entre as influências estão ainda “Trio Nordestino, Trio Dona Zefa, Trio Juriti, Trio Virgulino, Forró Sacana”, lista Matheus, “todos que fazem o baião, que é uma mescla de forró com samba”, completa.

A apresentação no Festival de Inverno foi como uma conquista. “É uma sensação de meta cumprida”, diz o vocalista do grupo, Leandro. “Nossa proposta é sair da mesmice, é mostrar que o forró é muito mais do que se tem ouvido tocar por aí. A gente toca para fazer forró mesmo, com a ideia de resgatar o forró mais original, o que foi esquecido aqui na Bahia”.

Além dos criadores, outros músicos integram a banda em seus shows. No FIB, eles se apresentaram com dez pessoas no palco e o público espantou o frio dançando coladinho.
Agora, a banda se prepara para entrar em estúdio e gravar o primeiro cd e já planeja participar de festivais de forró pelo Brasil em busca de novos caminhos.

Êta, cabras arretados!

Acesse a página da banda no Facebook. Confira um pouco do som no vídeo abaixo.

Nenhum comentário: