domingo, 12 de junho de 2011

Visite o Memorial do Forró

A Casa Régis Pacheco, na Praça Tancredo Neves, se transforma no Memorial do Forró durante os festejos juninos da cidade de Vitória da Conquista.

O espaço homenageia, este ano, o mestre Sivuca, com uma exposição na sala principal. Pela casa até no quintal, os visitantes irão encontrar diversos bonecos, maquetes e muito colorido, misturando cultura e informação. Há ainda a sala dos Santos Juninos, da História do Forró, da Samarica Parteira e o Pátio dos Forrozeiros.

Outro ambiente que irá despertar a curiosidade do público é a sala onde está exposta uma maquete que representa os quatro atos da ópera A Carta, de Elomar. Para completar a homenagem ao filho nobre da terra, o próprio compositor se encontra representado na maquete.

A pesquisa e concepção do Memorial são de autoria da cenógrafa Victória Vieira. O local está aberto diariamente das 14 às 23 horas, até o dia 26 de junho.

O HOMENAGEADO - Severino Dias de Oliveira, mais conhecido como Sivuca, (Itabaiana, 26 de maio de 1930 — João Pessoa, 14 de dezembro de 2006) foi um dos maiores artistas do século XX, responsável por revelar a amplitude e a diversidade da sanfona nordestina no cenário mundial da música. Exímio executante da sanfona, multi-instrumentista, maestro, arranjador, compositor, orquestrador e cantor.

Compositor de músicas conhecidas, como 'Feira de Mangaio', 'Adeus Maria', 'Reunião de Tristeza' e 'João e Maria', que compôs com Chico Buarque, Sivuca lançou em 2006, ano da sua morte, o DVD “Sivuca – O Poeta do Som”, que contou com a participação de 160 músicos convidados. Foram gravadas 13 faixas, além de duas reproduzidas em parceria com a Orquestra Sinfônica da Paraíba.

Confira abaixo o registro de Feira de Mangaio:

Nenhum comentário: